Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria
Sociedade

HUÍLA: MINISTRO DOS ANTIGOS COMBATENTES E VETERANOS DA PÁTRIA PROCEDE ENTREGA DE TRACTOR AOS ASSISTIDOS


 O ministro dos antigos combatentes e veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos "Liberdade" procedeu, nesta quinta-feira (20), a entrega de um tractor e respectivas alfaias à cooperativa "12 Tribos", localizada a 40 quilómetros da cidade do Lubango, capital da província da Huíla.



Com essa acção, o ministro respondeu assim ao pedido formulado por estes assistidos à direcção do ministério, no pretérito dia 11 de Outubro do ano em curso, durante a visita de constatação à aquela cooperativa.



Acompanhado do governador da província da Huíla, Luís da Fonseca Nunes, o ministro "Liberdade" exortou aos cooperativistas a utilizarem o equipamento com o fim pelo qual foi solicitado.



Agradeceu ao governo da província da Huíla pela pronta resposta em função do apoio solicitado pelo ministério, nesse sentido.



"Dentre os vários problemas colocados, podemos responder, em coordenação com o governo da província da Huíla, ao pedido formulado", disse o ministro.



A cooperativa "12 Tribos" é uma associação agrícola de antigos combatentes e veteranos da Pátria e seus familiares, que âmbito do processo de reintegração sócio-económica produzem tomate, cebola, batata-rena, couve, repolho, milho e criação de gado.



O ministro constatou ainda o projecto de abastecimento de água ao condomínio da Arimba, pertencente aos antigos combatentes e veteranos da Pátria, cujas obras, a cargo da empresa PROCAL, terão uma duração de aproximadamente 60 dias.



Entretanto, o governante visitou também as instalações onde funciona o gabinete provincial da Huíla dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, tendo na ocasião recebido explicações da directora Verónica Rito.



Recorda-se que o ministro "Liberdade" auscultou, na quarta-feira, 19, os antigos combatentes e veteranos da Pátria da província do Namibe, sobre os principais problemas que afligem os assistidos.



A província do Namibe foi a última etapa do conjunto das 18 províncias do país visitadas pelo ministro, no quadro do amplo processo de reintegração sócio-económica dos assistidos e de auscultação dos antigos combatentes e veteranos da pátria.